Azevedo anuncia pagamento das promoções atrasadas desde 2002

Glauber Lima destaca que as promoções de 2002 do magistério já serão incluídas na folha de setembro, beneficiando 9.606 servidores

Dando continuidade ao processo de diálogo estabelecido com o CPERS/Sindicato desde que assumiu a Secretaria de Estado da Educação, o secretário, professor Dr. José Clóvis de Azevedo, esteve reunido com a diretoria do sindicato, para responder os esclarecimentos solicitados referentes ao acordo assinado em abril.

Diretor Glauber Lima esteve com o secretário José Clóvis, conversando a respeito dos detalhes da reunião com o Cpers/Sinidicato
Na ocasião, segundo informações repassadas à Redação de A Plateia, pelo Diretor do Departamento de Articulação com os Municípios da Secretaria, professor Glauber Lima, o secretário anunciou o pagamento de 9.606 promoções do magistério referentes ao ano de 2002, já na folha do mês de setembro. E informou que está encaminhando o pagamento das promoções de 2003. Também reafirmou a realização do concurso público para os professores neste ano e o encaminhamento do concurso para funcionários de escolas e o abono e pagamento dos dias de greve nos anos de 2008 e 2009. Além disso, entregou a proposta da Secretaria da Educação para a reformulação curricular do Ensino Médio para análise e debate com o sindicato.

Sobre os pontos questionados do acordo, foi entregue um documento com todos os esclarecimentos solicitados. “Entregamos um documento que responde as perguntas, mostrando que cumprimos todos os pontos do acordo assinado em 7 de abril, explicando, inclusive, o contexto das ações realizadas”, declarou Azevedo. Sobre o cronograma de integralização do piso nacional, o secretário informou que a Pasta está aguardando o acordão do Supremo Tribunal Federal (STF) para encaminhar ao CPERS. Ressaltou, ainda, que o mesmo foi solicitado pelo sindicato após assinatura do acordo de abril. “Temos razões para aguardar a decisão do Supremo, questões orçamentárias precisam ser avaliadas para apresentarmos o calendário de implantação”, esclareceu.

O secretário também ressaltou que está em tramitação na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei (PL) em que 563 funcionários de diferentes categorias terão o mesmo tratamento dos funcionários que integram o Quadro de Servidores de Escolas. Questionado pelo sindicato sobre os 133 funcionários que entraram no Estado por meio de outros concursos e estão atuando em escolas e não estão incluídos neste PL por questão estrutural do quadro geral da organização da administração pública, já que a maioria destas categorias atuam em outras Secretarias do Estado, Azevedo informou que estes poderão retornar as suas Secretarias de origem ou continuarem na Educação mediante bonificação. “Atendemos integralmente todos os pontos do acordo e reafirmamos o nosso compromisso com o piso nacional como vencimento básico da categoria, que será efetivado dentro do nosso mandato”, finalizou o secretário da Educação.

 

Sobre Glauber Gularte Lima

Vereador, professor, candidato a prefeito do município de Santana do Livramento / RS / Brasil.
Esse post foi publicado em Glauber Lima - Seduc/RS, Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s